A resposta não é 42. É 168.

Tava aqui lendo um livro sobre Star Wars que comprei (<3). Li mais de 80 páginas em um dia. Geralmente os amigos comentam que eu leio muito rápido.

E na real, nem leio. Acho que não faço nem 40 páginas em uma hora. Mas tem algo que faço e a maioria das pessoas não leva em consideração: eu me comprometo. Quando quero ler um livro, ele se torna a minha prioridade – leio antes de dormir, leio enquanto tomo café da manhã e assim vai.

É engraçada a nossa relação com essa ideia. Eu demorei muito a entender que aquilo que você faz, naquele momento, é a sua prioridade. Seja cozinhar, ler um livro, ir à academia ou assistir seriadinhos na Netflix. Aquilo que você efetivamente faz é de fato sua prioridade (pensa no tanto de coisa que você deixa de fazer em razão da escolha que fez).

Eu ouvi um podcast sobre produtividade uma vez que ajudou a mudar minha percepção das coisas. Geralmente falamos que não temos tempo para fazermos as coisas. A entrevistada do programa apontou de maneira acertada que a semana tem 168 horas. Again: 168 horas (24h X 7). Eu nunca tinha feito essa conta.

E aí me bateu que, na verdade, a gente tem muito tempo. Muito tempo mesmo. Só não sabemos usar.

Esse número, 168, me ajudou a enxergar essa questão do tempo sob uma nova perspectiva. Eu pensava: “se tenho 168 horas disponíveis, consigo gastar 3 ou 4 delas pra ir à academia essa semana, não?”. Ao invés de pensar que não tinha tempo, eu me vi com um monte dele – e com isso algumas atividades que pareciam “chatas” ou “dispensáveis” de repente ficaram “suportáveis”, porque eram rapidinhas. [minha cunhada vai dizer que eu ressignifiquei essa questão com o tempo e apliquei PNL na minha mind, já tô vendo… ahahahaha.]

Enfim, aí entra a questão da prioridade.

Temos a tendência de falar que não temos tempo, quando na verdade a atividade X não é prioridade pra nós. Ponto.

Eu mesma vivia falando que queria emagrecer, que tava gordinha e tal. Até que um dia Guilherme (acho que de saco cheio) falou que eu não queria de fato emagrecer. Se quisesse mesmo, eu me exercitava, comia menos chocolate, sabe? Eu faria o esforço, eu me comprometeria com o que eu via como uma prioridade. Mas não era. Ele tinha razão.

E CHOCOLATE SEMPRE SERÁ PRIORIDADE SOBRE QUALQUER COISA. #fato

Saber no que você investe de fato seu tempo te ajuda em duas coisas fundamentais:

– Se você tem algo que deseja muito, mas não se esforça pra fazer/conseguir, amig@, isso não é uma prioridade na sua vida. E essa descoberta pode ser positiva. Muitas vezes a gente se agarra em uma ideia, uma imagem, um desejo… que no fim não faz mais sentido pra você, que não fala com o seu eu atual, com o seu estilo de vida. Perceber esse desalinhamento pode ser o que faltava para que você largue “o que você deveria querer” e busque “o que você quer de fato”. Keep it real, u know?

– Se você realmente quer algo e não está nem perto de conseguir, porque você quer fazer mestrado mas está gabaritado é no catálogo da Netflix, há um problema. E aí você pode abrir mão do que, no fim, te atrapalha e te afasta do seu objetivo real e foca no que importa.

Ter prioridades é estar disposto a se comprometer com algo e se esforçar pra conseguir. É sair do falatório e partir pra ação. Sabe aquela história de que as pessoas só veem o sucesso dos outros, mas esquecem de todo o esforço e empenho para que esse sucesso fosse alcançado? A gente só quer o final, quer pular a corrida e chegar na linha de chegada (e tem gente que nem quer vestir o tênis de corrida, acha que tudo vai se resolver usando pantufas). Pois não vai, não é assim que funciona. Quer aprender a investir na Bolsa? Guess what, tem que estudar sobre isso. Quer ler mais? Larga o celular e começa a ler. É simples assim.

Sei que falar é fácil – e minha cota de seriados assistidos nos últimos dias comprova que a prática exige esforço mesmo.

Mas li uma frase no Instagram esses dias que achei ótima: Quer mudar sua vida? Então mude sua vida.

E acho que aceitar/enxergar suas prioridades pode ser o primeiro passo para um uso melhor do seu tempo (168h!!!/semana) e para uma vivência mais honesta e recompensadora também.

Quer mudar sua vida? Então mude sua vida.

[meu deus, tá mto autoajuda isso aqui, gente! #desculpa #socorro #reflexaoéissoaí]

1

Clique no botão abaixo para seguir o Vivendo à Vista! e receber notificações via RSS
rss

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe uma resposta