Breve [e íntima, por isso, não mto séria] reflexão matrimonial

Casei.

Faz pouco mais de um mês.

É muito comum as pessoas perguntarem o que mudou na relação, se o casamento alterou nossa rotina. Moramos juntos há mais de quatro anos, então, a princípio, sempre falava que casar não seria propriamente uma novidade, pois já compartilhávamos a vida um com o outro.

Certo.

Nati e Gui - 24
Eu nunca quis casar (nunca sonhei, não era o objetivo da minha vida). Conheci a pessoa e o desejo, aos poucos, veio. De início íamos planejar tudo sozinhos, mas como juízo demora, mas eventualmente aparece, aceitei a ajuda da minha amiga, que é cerimonialista e fez o casamento mais lindo que eu podia ter na vida.

Mas o ponto – do texto – não é esse.

Eu pensei mto durante o processo de organização da festa. E eu tomei esse momento (festa/casamento/essas mudanças todas) como um período de recomeço, de renovação. Foi uma escolha minha (ou uma necessidade). Desde que eu me interessei por essa coisa de ser mais consciente – com as compras que faço, os itens que consumo – vi que era hora de aplicar isso em mim como um todo. Eu queria ser mais consciente, mais presente. Eu não queria mais me esconder em casa, longe das pessoas, negando oportunidades e convites por um motivo que não cabia mais. Eu queria ser melhor. Eu tomei o casamento como uma oportunidade de repensar minha postura diante do meu companheiro, da minha casa, da minha família, da minha vida. Eu queria entrar nessa nova etapa da relação por inteiro. Sem medo.

No fim foi um período de muita reflexão e muita renovação. O que tinha que ficar, ficou, está fortalecido (ou em processo de). O que tinha que ir, eu deixei ir, grata – e feliz pelo que eu mesma deixava entrar a partir de agora.

Pra mim, não foi o casamento que mudou alguma coisa. Fui eu que usei essa oportunidade pra aprender a viver um pouquinho mais. Pra respirar mais. Pra compartilhar mais. É um work in progress. Mas olha, melhor presente de casamento.

Nati e Gui - 376

Então, o casamento mudou alguma coisa? Mudou, e muda todo dia, melhora. Em mim. Pq eu quis [ah, a importância do querer…!]. E que presente maior uma relação pode nos dar além de amor suficiente para nos permitir crescer?

Fotos do post: Mana Gollo.

0

Clique no botão abaixo para seguir o Vivendo à Vista! e receber notificações via RSS
rss

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe uma resposta